domingo, 10 de maio de 2015

Madrid - Dia 4 - Museu do Prado


Este foi o dia escolhido para visitar o famoso Museu do Prado.
Tal como nas outras atracções pagas em Madrid optamos pelo horário gratuito, que no dia que fomos era das 18h-20h.
Chegamos com cerca de meia hora de antecedência e a fila já se encontrava enorme.



A fila
Apenas as 18h, quando as portas são abertas é que a fila andou.
Mas a fila andou muito rápido, era sempre a andar, pois entrava-se pelas 2 portas (Porta Goya e Porta Jerónimos) e os bilhetes eram distribuídos sem qualquer solicitação.
Em muito pouco tempo já nos encontrávamos no interior do museu.

Já próximos da entrada
Junto a entrada encontram-se folhetos gratuitos em Português com a planta do Museu.

As obras-primas expostas no museu, que destaco, são Las meninas de Velázquez e as pinturas negras e as Majas de Goya.

Estátua de Velàzquez
Alias Velázquez e Goya são os pintores de destaque do Museu, existem imensas pinturas dos dois, que são verdadeiramente fantásticas.

Outros pintores em destaque são Rubens, El Greco, Caravaggio.

Destaco ainda uma versão da Mona Lisa de Leornardo Da Vinci, feita por um pupilo do pintor, que me deixou impressionada pelas semelhanças, no entanto é uma pintura mais clara, colorida e com outra perspectiva.
Ao contrario da original não tem a protecção de vidro, nem a quantidade de visitantes da original, até passa um pouco despercebida.


Fiquei na duvida se permitiam fotos, e acabei por não tirar nenhuma no interior.

É um museu fantástico, com horários gratuitos, um local a não perder numa visita a Madrid.

Quando faltam 5/10 min para as 20h (hora de fecho) pedem aos visitantes para saírem pela porta mais próxima, que no nosso caso era a Porta Velázquez.

Uma das portas do Museu
Junto ao museu existe uma igreja muito gira, pelo menos no exterior.


2 comentários:

Carina Brazão disse...

Ah Museu do Prado, quero muito ir... Madrid deve ser lindíssima :) bis

Lou disse...

Sim é, obrigada pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...