sábado, 15 de novembro de 2014

Preparação da viagem a Sevilha


Praça junto ao hotel

A ideia da viagem era um roteiro pela Andaluzia, começando em Sevilha, mas infelizmente, devido a problemas com o carro fomos obrigados a encurtar a viagem e apenas visitamos Sevilha.

Duração: Em apenas 1 dia consegue ver o essencial de Sevilha, se tiver mais tempo, em 2 dias consegue ver tudo.


Guia: Escolhi o guia de Top 10 Andaluzia e Costa del Sol, que para além de Sevilha tem informações de outras cidades e vilas da Andaluzia e ainda Gibraltar.
O guia traz um pequeno mapa de Sevilha e uma pequena planta do Alcázar que ajuda na visita, já que não existem folhetos gratuitos com o mapa.




Como chegar: Fomos de carro desde Lisboa, mas Sevilha tem um bom sistema de comboios que liga a Madrid e a outras cidades da Andaluzia.
Existem também autocarros que ligam a várias cidades Espanholas e ao Algarve.
Infelizmente a ligação através de transportes públicos entre Lisboa e Andaluzia é escassa, existindo apenas 1 autocarro que demora imensas horas, não sendo uma opção para nós.
Também é possível chegar de avião.

Alojamento: 
Ficamos alojados no Ibis budget Sevilla, é um hotel económico que fica fora do centro de Sevilha.
Mas como fomos de carro, optamos por ficar um pouco afastados do centro, para evitarmos a confusão e ter acesso a um parque de estacionamento com um valor mais acessível, o estacionamento acabou por ser gratuito.
O Ibis budget Sevilla e o Ibis Sevilla ficam lado a lado,  pode descobrir as diferenças entre os 2 grupos de hoteis aqui.
Em relação ao Ibis budget Sevilla, o que mais gostei foi o preço, 39€/noite + 4.5€ pelo pequeno almoço e da vista.
O que menos gostei foi de ter o chuveiro dentro do quarto (mas já sabia ao que ia), não ter secador de cabelo, nem champo ou gel de banho (apenas pequenos sabonetes) e do pequeno-almoço ser básico demais para o meu gosto.

As bicicletas
Transportes:
Sevilha tem diversos tipos de transportes públicos, metro, eléctricos, autocarros.
O único que utilizamos foram os autocarros e correu tudo muito bem.
Desde do hotel até ao centro tinha o autocarro 28, cada viagem custava 1,40€ e os autocarros passavam com muita regularidade.
Na cidade existem também muitas ciclovias e bicicletas que podem ser alugadas em vários pontos da cidade, infelizmente junto ao hotel não havia.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...